como ajudar alguém com depressão?

Tenho pensado muito nisso, especialmente pelas tags que aparecem na procura do blog, muita gente procura por isso na net, eu já procurei milhões de vezes, mas nunca encontrei informações que fossem além de levar ao psiquiatra e terapia, não é só isso que as pessoas precisam saber. Conviver com alguém com depressão pode ser massante, irritante, enlouquecedor, desesperador, triste, agoniante, entre outras coisas, mas como conviver com tudo isso e conseguir ajudar no dia a dia quem precisa tanto de você?

Leia, leia muito, na internet e em livros, não só sobre depressão, mas sobre outros transtornos também, tudo que fale sobre a mente pode te ajudar a entender melhor esse estado depresivo, diferenciar o controle das crises e lhe ajudar a lidar com as mudanças de humor tão repentinas, além de encontrar que muita gente que vive em histórias muito piores que a sua, seguem aqui alguns links de livros e blogs que podem ajudar:

O Demônio do meio dia, À espera do sol, Uma mente inquieta, Quando os filhos viram pais

Falar, sempre positivamente, falar que as coisas não ficarão assim pra sempre, nada é para sempre, tudo muda, então aquela situação também mudará.

Quando a crise for de ficar na cama e nada do que você fala surge reação, não se esforce ou fique desesperado, fique próximo, por ali, solicito a trazer água ou comida, não adianta forçar, a pessoa não irá levantar porque você quer, ou porque o dia está bonito nem nada disso, mostre que ela não está sozinha, ficque próximo e pronto, não há mais nada que você possa fazer.

Aprenda a deixar a pessoa chorar, é muito agoniante, mas tem horas que não há outra opção.

Convença o deprimido a ir ao psiquiatra, procure um bom psiquiatra, bom de verdade, muitos, aliás a maioria dos psiquiatras podem piorar muito mais do que ajudar.

Convença de que a terapia é importante, também procure um bom profissional, terapia errada pode fazer um estrago gigante.

Você vai gastar dinheiro, se não tiver de onde tirar procure pelos meios públicos, existem muitos remédios de alto custo que se consegue pegar, também existem instituições públicas especilaizadas em psiquiatria, onde você encontrará bons profissionais, as vezes vale mais a pena a espera por uma consulta com alguém realmente bom do que ir no do seu plano que gastará 8 minutos na avaliação completa.

Se você suspeitar que o depressivo tem pensamentos suicidas saia correndo, vá a algum médico, não espere milagres, se não conseguir um bom médico, consigo no que você for receita de remédio que deixe a pessoa ‘dopada’com muito sono ou coisa assim até que você consiga a consulta com um bom profissional, é melhor a pessoa não ter forças para levantar e dormir o dia todo do que fazer alguma bobagem.

Uma religião também é bom, qualquer coisa que faça com que a pessoa acredite que há um poder maior.

Não é fácil e é muitas vezes frustante, mas você pode ajudar, especialmente se conseguir entender realmente o que se passa, depressão é doença, tem que tomar remédio, você não deixaria de tomar seu remédio de pressão alta sabendo que com isso poderia ter um treco, deixaria? é a mesma coisa, tem que tentar todos os tratamentos possíveis, até acertar o remédio e sua dose, e se for o caso chegar ao tratamento com ECT.

Não fique no sofá esperando que as coisas se resolvam, vá atrás, procure bons profissinais, acredite que eles podem te ajudar, crie sua própria maneira de lidar com a situação, e especialmente não desista.

Anúncios

88 comentários sobre “como ajudar alguém com depressão?

  1. minha mãe tem depresão a 10 anos , ela é muito boa, maravilhosa, inteligente e lutou muito bem nesses anos, mas utimamente não tem conseguindo levar a vida da mesma maneira de antes, ela tem crises horriveis chora muito, e diz que nada deu serto pra ela, pois a vida dela foi muito sofrida desde pequena com um pai agressivo e psicopata e depois com um marido bebado e AGRESSIVO, estou me sentindo muito mau , não sei o que fazer pra ver ela melhor, ela não reage e diz que talves morra em breve, tenho muito medo pois ela é tudo pra minha vida, choro muito em ver ela desse jeito , meu pai não contribui, digo pra ela sair dessa casa, deixar tudo pra traz e viver uma outra vida , mas ela não consegue , estou desconsolada ,é m,uito triste ver ela assim ,meu Deus não estou aguentando ver a pessoa que mais amo no mundo neste estado.

  2. Boa tarde, tenho 16 anos e minha mãe 40, ela sofre de depressão desde os 20, ela sempre começa um tratamento psicologico mas para no meio do caminho dizendo estar bem, ultimamente ela ta tendo muitas crises de choro, diz que nao faz sentindo viver, que ninguem dá atençao pra ela, sinceramente, eu nao sei de qual forma agradar mais, pra ela tudo está ruim, qualquer coisa ja vira o fim do mundo… E o pior de tudo é que eu acabo chorando junto com ela, na hora nao sei o que dizer ou nao consigo dizer nada, só fico do lado dela o tempo todo e as vezes tenho que engana-la pra ela tomar o remedio e se acalmar. Tenho muito medo dela cometer alguma besteira, nao durmo direito e qualquer coisinha ja me assusto achando que é ela, e vem pensamentos horriveis na minha mente. To com muitooo medo de perder minha mãe, ela é tudo pra mim😢☹💔

    1. Oi Victorya, é bem comum os pacientes pararem o tratamento quando começam a se sentir bem, acham que não precisam mais dos medicamentos qdo é justamente por eles que estão melhores, espero que sua mãe consiga manter um tratamento de longo prazo, é o único caminho para tentar a estabilidade… Eu sei como é seu medo 😦 Insista para que ela faça o tratamento com psiquiatra e com psicologo, por ela e por vc. Parabéns pela força e por ajudá-la
      bjs

    2. Sabe, acontece o mesmo comigo, tenho 15 anos e moro sozinho com minha mae, é dificil pois ela tem estado muito mal ultimamente, nao consigo dormir porque ela me acorda brigando, chorando, quebrando coisas dentro de casa e muitas vezes por motivo banal, fala que ninguem da atençao a ela e que ela nao quer mais viver, mas eu passo o dia inteiro com ela, meus irmaos trabalham em outra cidade o que dificulta eles darem apoio a ela, nao consigo ir a escola, nao saio com meus amigos e sempre que tem festa eu nao vou, pois um dia que eu saio de casa pra me divertir é motivo pra ela brigar comigo, nao sei muito o que faze, mas tudo passa e tento ao maximo deixar ela feliz, e como vc, a minhae mae é tudo pra mim

  3. Bom dia, a minha mãe está em depressão profunda há mais de 2 anos, e, já não sei mais o que fazer.
    Encontra-se fazendo tratamento com um geriatra, no momento, faz uso de antidepressivos,mas, estou com receio de que os mesmos à estejam fazendo mal, pois ela não melhora, está inchada e, com reflexos lentos. Questionei o médico, e, ele disse que com o tempo ela melhoraria, porém não vejo a referida melhora.
    Já fomos à neurologistas mas, ainda não encontrei algum que acertasse.
    Somos de campos dos Goytacazes, e, estamos no Rio, alguém me indica algum bom profissional?
    O meu endereço de e-mail é advogaga@hotmail,com
    Desde já agradeço.

    1. Olá Raquel,
      o ideal é que vcs procurem um psiquiatra, minha mãe mesmo passou por outras especialidades de médicos que acabavam receitando antidepressivos q não ajudavam em nada, não conheço profissionais no RJ, mas pesquisando pela internet vc pode encontrar um psiquiatra com bom currículo. Não desista e nos mande notícias. Abs

Desabafe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s